Urandir – 4º dia Diário de Bordo 7ª Expedição Zigurats – Turquia 2013


Compartilhe:

No quarto dia da Expedição Zigurats – Turquia – A terra de gigantes Urandir e a equipe de pesquisadores do Dakila Pesquisas partiram em direção ao templo de Aphrodisias popularmente conhecida como Afrodite.

O Templo de Aphrodisias

Aphrodisias  era uma pequena cidade grega em Caria . Localiza-se  perto da aldeia de Geyre na Turquia, cerca de 230 km (140 milhas) a sudeste de Esmirna e cerca de 100 km (62 milhas) no interior da costa.Urandir - Escultura de Afrodite no museu de Aphrodisias na Turquia

Aphrodisias foi batisada após Aphrodite , a deusa grega do amor, que tem no local a única imagem, a Afrodite de Aphrodisias. De acordo com a compilação enciclopédica bizantina chamada de Suda , antes de ser conhecida como Aphrodisias, a cidade tinha tido três nomes anteriores: Lelégōn Pólis (Λελέγων πόλις, “Cidade dos Leleges “), Megale Pólis (Μεγάλη Πόλις, “Grande Cidade “), e Nino E (Νινόη).

A cidade de Aphrodisias foi construída perto de uma pedreira de mármore que foi amplamente explorada no período helenístico e romano , e a escultura em mármore de Aphrodisias tornou-se famosa no mundo romano. Muitos exemplos de estatuás foram desenterrados em Aphrodisias, e algumas representações de Afrodite de Aphrodisias também surgiram em outras partes do mundo romano.

O local está em uma zona de terremotos e sofreu vários danos em diversos momentos, especialmente em tremores graves dos séculos IV e VII. Uma estudo adicional é que um dos terremotos do século 4 alterou o lençol freático, fazendo com que partes da cidade ficassem propensas a inundações . Evidência pode ser vistas em encanamentos de emergência instalados para combater este problema.

Aphrodisias nunca se recuperou totalmente do terremoto do século 7, e caiu em desuso. Parte da cidade estava coberta pela vila moderna de Geyre ; algumas das casas foram removidos no século 20 para revelar a cidade velha. Uma nova Geyre foi construída em um local próximo.

O Pórtico monumental

A porta de entrada monumental de Aphrodiasis , chamada de teUrandir - Pórtico de acesso a cidade de Aphrodisias denomidado de tetrapylontrapylon , leva a principal rua norte-sul da cidade, em um grande pátio em frente ao templo ou santuário de Afrodite. Estima-se que o portal foi construído em 200 AC.

Bouleuterion de Aphrodiasis

O bouleuterion (casa de conselho), ou Odeon , está centrada no lado norte da Ágora. Tal como está hoje, é composta de um auditório semicircular liderada por uma estrutura de palco rasa de cerca de 46 m de largura. A parte inferior do auditório sobrevive intacto, com nove fileiras de assentos de mármore, divididas em cinco cunhas por escadas radiais. O assento da parte superior, totalizando um adicional de doze linhas, entrou em colapso juntamente com suas abóbadas de apoio. O plano é extremamente aberto, com inúmeras entradas ao nível do solo eUrandir - Urandir lidera equipe de pesquisa em Pamukkale na Turquia - Expedição Zigurats Turquia 2013 várias escadas que dão acesso às linhas superiores de assentos. Um sistema de paralelo maciço contrafortes mostra que o edifício foi originalmente abobadado. O auditório teria sido iluminado por uma série de altos e janelas em arco na parede externa curvada. Estima-se que a capacidade do Odeon seria de 1750 pessoas.

Logo em seguida Urandir e a equipe de Pesquisadores da Associação Dakila Pesquisas seguiram para o Castelo de Algodão e a cidade de Hierápolis que ficam em Pamukkale (em turco, significa “Castelo de Algodão”) . Situado na região de Denizli, no sudoeste da Turquia e distante 650km da capital Istambul, trata-se de um conjunto de piscinas termais de origem calcária que, com o passar dos séculos, formaram grandes bacias de água azul turquesa que descem em cascata numa colina de rochas brancas como a neve. Tal fenômeno acontece porque estas fontes termais que brotam do chão à 35 graus esquentam o carbonato de cálcio e provocam o seu derrame, sendo que depois ele se solidifica como mármore.

Confira abaixo a galeria de fotos.