Turquia 2014

1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia

Urandir Galeria

Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Retirada-de-Malas-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-400x300 Urandir-Vista-Noturma-da-cidade-de-Urfa-na-Turquia-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-18-300x225 Urandir-Vista-Noturma-da-cidade-de-Urfa-na-Turquia-400x300 Urandir-Escultura-de-Aquiles-e-Pentesileia-no-museu-de-Aphrodisias-768x1024 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-de-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-Turquia-300x225 Urandir-Vista-Noturma-da-cidade-de-Urfa-na-Turquia Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-no-voo-para-Istambul-em-2013-400x300 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-13-300x225 Urandir-Vista-Noturna-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-300x199 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Retirada-de-Malas-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-150x150 Urandir-Interior-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia Urandir-Instrumentos-usados-pelos-monges-Derviches-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Grupo-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-no-voo-para-Istambul-400x300 Urandir-Escultura-de-Afrodite-no-museu-de-Aphrodisias-na-Turquia-150x150 Urandir-Estrada-romana-no-centro-da-cidade-de-tarso-com-pavimento-quase-intacto-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-24-300x225 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-crian%c3%a7as-de-dara-recebem-presentes Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Avioes-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-400x300 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-aguardando-check-in-no-Aeroporto-Internacional-de-Guarulhos-150x150 Urandir-Vista-das-cascatas-em-Pamukkale-Turquia-1024x768 Urandir-Vista-Lateral-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia Urandir-Detalhe-dos-pilares-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-768x1024 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia Urandir-Grande-Variedade-de-Itens-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x150 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-1024x682 Urandir-Souvenirs-no-Bazar-Egipcio-Istambul-400x266 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Local-da-Expedicao-Zigurats-2013-150x112 Urandir-Vista-Noturna-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-150x150 Urandir-Um-dos-pequenos-barcos-utilizados-para-cruzeiros-pelo-Rio-Eufrates-com-parte-da-equipe-Zigurats-300x225 Urandir-Grande-Variedade-de-Itens-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x112 Urandir-Especiarias-vendidas-no-Bazar-Egipcio-em-Istambul-Turquia-400x266 Urandir-Vista-Interior-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-150x150 Urandir-entralhes-em-alto-e-baixo-relevo-encontrado-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-1024x768 Urandir-entralhes-em-baixo-relevo-encontrados-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-17-150x112 Urandir-Grande-Variedade-de-Itens-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-300x225 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-grupo-de-crian%c3%a7as-que-receberam-presentes Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-16-150x150 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-centenas-de-crian%c3%a7cas-fazendo-a-festa Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-de-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-Turquia-400x300 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-centenas-de-crian%c3%a7as-compareceram-ao-evento_0 Urandir-Suporte-de-pilares-encontrado-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-1024x768 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Expedicao-Zigurats-2013-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-300x225 Urandir-Detalhe-dos-pilares-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias Urandir-Estrada-romana-no-centro-da-cidade-de-tarso-com-pavimento-quase-intacto Urandir-Vista-Lateral-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-400x300 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Trem-tradicional-em-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-300x225 Urandir-Castelo-Rumkale-nas-margens-do-Rio-Eufrates-400x300 Urandir-entralhes-em-baixo-relevo-encontrados-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-de-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-300x225 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-2013 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-em-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Avioes-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-150x150 Urandir-Escultura-de-Aquiles-e-Pentesileia-no-museu-de-Aphrodisias-400x533 Urandir-Um-dos-pequenos-barcos-utilizados-para-cruzeiros-pelo-Rio-Eufrates-com-parte-da-equipe-Zigurats-150x112 Urandir-entralhes-em-alto-e-baixo-relevo-encontrado-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias Urandir-Detalhe-de-mosaico-no-museu-de-Antakya-400x300 Urandir-Instrumentos-usados-pelos-monges-Derviches-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Expedicao-Zigurats-2013-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-400x300 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Cidade-da-Turquia-Istambul-Expedicao-Zigurats-2013-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-17-300x225 Urandir-entralhes-em-baixo-relevo-encontrados-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias Urandir-Venda-de-Produtos-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia Urandir-A-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-400x275 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-de-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-400x300 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-14-150x150 Urandir-Mesquita-Santa-Sofia-em-Istambul-Turquia-1024x682 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-2014_1 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-16-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-aguardando-check-in-no-Aeroporto-Internacional-de-Guarulhos Urandir-Instrumentos-usados-pelos-monges-Derviches-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia Urandir-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-400x300 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-300x200 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-24 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-para-Istambul Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-13-150x150 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x100 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-alegria-e-euforia-das-crian%c3%a7as-ao-receber-presentes-em-dara_1

A História está errada: Civilizações Antigas – Conhecimento Avançado

A história do nosso planeta é muito mais complexa do que a maioria das pessoas se atreveria a imaginar. De acordo com a versão comumente aceita da história que é ensinado em escolas e faculdades em todo o mundo, o homem antigo era uma criatura muito simples, com conhecimento extremamente limitada. Infelizmente para aqueles que promovem esta versão falha da história, os arqueólogos continuam a desenterrar coisas que a contradiz diretamente. A verdade é que há uma enorme quantidade de evidências de grande realização intelectual no mundo antigo. Por exemplo, considerando apenas a Grande Pirâmide de Gizé: ela uma verdadeira maravilha tecnológica. É uma estrutura tão grande, construída com  extraordinária precisão, que a tecnologia moderna está apenas agora começando a entender como era. Talvez até conseguiríamos construir uma estrutura semelhante hoje, se quiséssemos, mas o homem moderno nunca construiu nada parecido. E, como podemos ver a seguir, a Grande Pirâmide de Gizé está longe de ser o único exemplo de tecnologia avançada no mundo antigo que encontramos no Egito. Observe abaixo a decoração de uma parede do templo de Abydos no Egito.

1x1.trans | A História está errada: Civilizações Antigas   Conhecimento Avançado

Imediatamente percebemos algo estranho, que não se enquadra na linha do tempo da história.

A pesquisadora Lyn Leahz escreveu sobre esses hieróglifos, incrivelmente estranhos. O que se segue é o que ela tinha a dizer sobre eles …

A decoração de uma parede do templo egípcio em Abydos é feita com hieróglifos estranhos, que retratam o que parece ser uma moderna aeronave. Este achado tem causado muita polêmica entre os egiptólogos e arqueólogos que não sabem o que pensar. Como as pessoas de 2 a 3 mil anos atrás tinham conhecimento sobre modernas aeronaves atuais?

Quando a Dr. Ruth Hover e seu marido fizeram uma viagem para as pirâmides e templos do Egito, eles ficaram chocados quando descobriram, no templo de Abydos, hieróglifos representando aeronaves modernas. Ela fotografou um painel em uma seção de parede, onde um painel de sobreposição com hieróglifos egípcios se desintegrou e caiu, revelando um painel mais velho abaixo dela. Este painel mais velho, mostrado acima, contém imagens do que parecem ser uma moderna tecnologia de um helicóptero, um submarino, um planador, e outro tipo desconhecido de aeronaves (alguns acreditam que se assemelham ao dirigível Hindenburg).

Então, como os que promovem a versão comumente aceita da história consegue explicar isso? Simplesmente, eles não podem!

No vídeo abaixo, a pesquisadora Lyn Leahz fala mais sobre estes hieróglifos e discute os “artefatos fora do lugar! encontrados em todo o mundo.

Há também evidências de que a humanidade tinha conhecimento dos dinossauros nos tempos antigos.

Publicado abaixo é uma foto de uma gravura antiga em um templo budista no Camboja conhecida como Ta Prohm Stegosaurus. De acordo com a versão comumente aceita da história, essa gravura deveria ser absolutamente impossível, porque os dinossauros desapareceram há milhões de anos e os cientistas modernos só começaram a encontrar seus fósseis a uns 200 anos atrás. E ainda esta gravura se encontra lá…
Por que Arte Antiga tinha representações de vôo de aeronaves, helicópteros e dinossauros? Segundo os arqueólogos, este templo no Camboja é de aproximadamente 800 anos de idade …

1x1.trans | A História está errada: Civilizações Antigas   Conhecimento Avançado
No interior das selvas do Camboja existem templos ornamentados e palácios da civilização Khmer. Um templo é o Ta Prohm, repleto de estátuas de pedra e relevos. Quase cada centímetro quadrado do arenito cinzento é coberta com  esculturas detalhadas e ornamentadas. Estas retratam animais familiares, como macacos, veados, búfalos, papagaios, e lagartos. No entanto, uma coluna contém uma escultura intrigante de uma criatura similar ao Estegossauro. Mas como poderiam os artirtas e decoradores de um templo budista de 800 anos saber o que um dinossauro parecia? A ciência ocidental só começou a montar esqueletos de dinossauros nos últimos dois séculos.

Outro lugar inesperado onde encontramos “antigas artes de dinossauros” é nas antigas pedras de Ica, que foram descobertas no Peru. Essas pedras foram originalmente encontrados pelos espanhóis em 1535, sendo que os exploradores espanhóis enviaram algumas dessas pedras de volta à Espanha em 1562.

A arte em muitas destas pedras é muito bonita, mas o que os torna extremamente controverso é o fato de que muitos deles parecem conter descrições claras de dinossauros. Aqui vemos um exemplo …

1x1.trans | A História está errada: Civilizações Antigas   Conhecimento Avançado

E abaixo mais outro exemplo. Se observarmos atentamente, veremos a figura que se assemelha ao Tricerátope…

1x1.trans | A História está errada: Civilizações Antigas   Conhecimento Avançado

Mais uma vez, aqueles que promovem a versão comumente aceita da história não conseguem explicar isso. Mais comumente, eles tentam explicar estes  achados como fraudes, porque os moradores teriam começado a criar falsas “pedras de Ica” nos últimos anos, uma vez que eles descobriram que os turistas queriam comprá-las.

Mas as pedras de Ica que são considerados como autênticas contém alguns detalhes notáveis. Na verdade, muito do conhecimento anatômico sobre dinossauros descritos nestas pedras só foi descoberto por cientistas modernos, apenas muito recentemente …

Outros itens de precisão anatômica que atestam a autenticidade dessas Pedras de Ica, incluem a representação do posicionamento da cauda e das pernas. Os primeiros críticos disseram que as pedras de Ica eram falsas, em parte porque as  caudas balançam durante a caminhada dos dinossauros. Paleontólogos na década de 1960 estavam confiantes de que os dinossauros arrastavam suas caudas. Os paleontólogos estavam errados, e as Pedras de Ica estavam corretas. Os cientistas agora acreditam que os dinossauros tiravam suas caudas enormes do chão durante a caminhada, porque não há marcas de arraste sobre pegadas de dinossauros. Os dinossauros nas Pedras de Ica são desenhados em pé, em vez de com as pernas abertas em uma posição de lagarto. Isso, de acordo com especialistas atuais em dinossauros, está correto e preciso.

É claro que as pedras de Ica são apenas um dos incríveis exemplos de arte antiga de dinossauros que foram descobertos em todo o mundo. Existem muitos outros exemplos como esses.

Qualquer um que tenta convencê-lo de que os seres humanos que viveram há milhares de anos eram rústicos trapalhões que tiveram a sorte de construir cabanas de barro, e cobrir seus genitais com saias de capim está mentindo para você.

A verdade é que a história humana é incrivelmente complexa. Há estruturas monolíticas em todo o planeta que ainda estão de pé depois de milhares de anos para lembrar a todos nós que grandes civilizações, com tecnologias surpreendentes, já prosperaram no local. A realidade é que essas civilizações podem ter sido fisicamente e mentalmente superiores a nós de muitas maneiras.

https://www.youtube.com/watch?x-yt-ts=1421782837&x-yt-cl=84359240&v=LPYYeVoC3hk

Tremores na terra podem se intensificar

O trabalho considera que pode começar um ciclo de tremores de terra devastadores em todo o planeta

1x1.trans | Tremores na terra podem se intensificarA intensificação dos tremores de terra desde 2010 indica a manifestação de um novo ciclo de atividade sísmica com futuros tremores de terra devastadores, concluiu uma investigação publicada na quinta-feira (26 de janeiro) nos EUA, informou a agência de notícias AFP.
Na Grécia nesta sexta-feira (27) ocorreu outro terremoto na Ilha de Creta, com 5,2 na escala Rochter a 18 metros de profundidade. Nessa região da Ilha de Creta costuma acontecer frequentes abalos sísmicos. Conforme estudos, na Grécia há uma zona ativa de subducção e por isso é propensa a terremtos. Naquele local há um vulcão que, segundo documentário do Discovery Channel, no passado uma grande erupção vulcânica dizimou muitas vidas e em posteriores esvcavações na região foram encontradas pedras pômis e cinzas.
Também na no norte da Itália registrou-se um abalo sísmico nesta sexta-feira (27) na intensidade de 5.3 graus na escala Richter entre a regiáo de Parma e Apeninos e que foi sentido em Milão, Bolonha, Gênova e Firenze.
Segundo os autores do estudo, citado pela agência AFP, como relata a agência Lusa, os arquivos históricos revelam uma atividade sísmica frequente nas Caraíbas nos últimos 500 anos, mais particularmente na ilha de Hispaniola, partilhada pelo Haiti e pela República Dominicana.
Sismólogos apoiaram-se em numerosos relatos de destruições provocadas por diferentes tremores de terra para avaliar a sua intensidade, a sua situação  geográfica e amplitude e, assim, elaborar um modelo.
Outro local que chama a atenção no momento, além do constante movimento tectônico do Japão, sáo as Ilhas Sandwich do Sul, um arco de onze pequenas ilhas vulcânicas no Atlântico Sul. Desabitadas e cobertas por geleiras, as ilhas são territórios britânicos ultramarinos. A sua área total é de apenas 311 km², dividida entre três ilhas principais (Montagu, Bristol e Saunders), e dois grupos de ilhas menores (Thule do Sul, a sul, e Traversay, a norte).
A movimentação na placa Scotia, onde se situam as Ilhas Sandwich do Sul, registrou-se terremoto recentemente de 6.0 e outro de 5.2. Esse arquipélado gelado é um cantinho muito estranho e ainda pouco explorado do planeta, e vem ganhando atenção pela recente descoberta do conjunto de vulcões submersos. Lá também se encontra uma fossa marinha que recebe o mesmo nome, com aproximadamente 7.235 metros (23,730 pés) do nivel do mar ao fundo, considerada a 4ª em profundidade. Ela está localizada 100 km ao leste das ilhas Sandwich do Sul. Desde 2011 vem aumentando o número de terremtos na região. Fonte: (http://www.tvi24.iol.pt/internacional/sismo-haiti-abalo-tremor-de-terra-tvi24/1320636-4073.html)

Meteoritos contêm componentes de DNA alienígena

 Fonte: Estadão (www.estadao.com.br)

1x1.trans | Meteoritos contêm componentes de DNA alienígenaO resultado da pesquisa ajuda a sustentar a teoria de que o ‘kit’ para a criação da vida da Terra veio pronto do espaço, entregue por colisões da Terra com cometas e meteorito. Pesquisadores da Nasa encontraram pistas de alguns dos elementos que formam o DNA em meteoritos vindos do espaço e puderam comprovar sua origem extraterrestre, segundo estudo divulgado pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences. O resultado da pesquisa ajuda a sustentar a teoria de que o “kit” para a criação da vida da Terra veio pronto do espaço, entregue por colisões da Terra com cometas e meteoritos.

Nota da Redação Projeto Portal: Ao que tudo indica, o início da vida na Terra está totalmente desvinculado das teorias religiosas do criacionismo e da teoria evolucionista de Charles Darwin, que parte do princípio de que o homem é o resultado de um lento processo de alterações (mudanças). Esta é a idéia central da evolução: os seres vivos (vegetais e animais, incluindo os seres humanos) se originaram de seres mais simples, que foram se modificando ao longo do tempo. Aos poucos, a pesquisa científica verifica que a origem da vida na Terra é muito diferente do que foi estudado e pesquisado até hoje. Onde esses estudos vão desembocar ainda não sabemos, mesmo porque a origem do homem ainda permanece um mistério já que a conhecimento humano ainda não conseguiu localizar o elo  e a origem das espécies.Talvez informações de super humanos ou inteligências de outros planetas possam ajudar a humidade a desvendar esse mistério.
Segundo os cientistas, embora esses componentes do DNA venham sendo encontrados em meteoritos desde 1960, essa é a primeira vez que sua origem pode ser determinada como extraterrestre. Nas outras descobertas pairava a dúvida de uma contaminação dos meteoritos por elementos da vida terrestre.

Os pesquisadores explicam que três fatores os levaram a acreditar, de fato, que os elementos encontrados em amostras de 12 meteoritos – adenina, guanina (componentes que formam o DNA chamados de nucleotídeos), hipoxantina e xantina (embora não encontrados no DNA, são usados em outros processos biológicos) – vieram do espaço.

O primeiro foi a presença de traços de três moléculas relacionadas às moléculas de nucleotídeos: purina, 2,6 diaminopurina, e 6,8 diaminopurina, compostos análogos aos nucleotídeos. Como as duas últimas raramente são usadas em processos biológicos, isso indica para os cientistas que as moléculas vieram do espaço e não de contaminação terrestre.
A segunda evidência veio da comparação de um pedaço de oito quilos de gelo da Antártida e de uma amostra de solo da Austrália, aonde os cientistas encontraram a maior parte dos meteoritos, usando os mesmos métodos de análise dos meteoritos. Os pesquisadores não puderam encontrar no gelo polar nenhuma evidência dos compostos análogos aos nucleotídeos e taxas muito mais baixas de hipoxantina e xantina.
A terceira e última evidência da procedência desses elementos foi a descoberta de que tanto os nucleotídeos biológicos como os não-biológicos foram formados em uma reação química inteiramente não-biológica, que os cientistas conseguiram reproduzir em laboratório.(Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,meteoritos-contem-componentes-de-dna-e-origem-et-e-comprovada,756088,0.htm)

Os Testes da Teoria da Terra Convexa Continuam

Os testes para verificar a teoria da Terra Convexa em seus continentes com as águas niveladas ou planas, conforme sugerido pelo ET Bilu, tiveram mais uma etapa realizada no exterior. No período de 20 a 22 de novembro equipe de pesquisadores do Projeto Portal,em parceria com outros cientistas, esteve no Lago Titicaca, na fronteira entre o Peru e a Bolívia, para realizar alguns experimentos.
Os dados obtidos estão em fase de  análise e compilação, podendo ser complementados com novos testes, conforme a necessidade.
Após o processamento das informações, o Projeto Portal irá lançar documentário cujo teor poderá revolucionar algumas teorias científicas.

O Projeto Portal sabe que há grande curiosidade e muitas perguntas e quesionamentos sobre a Teoria da Terra Concexa, mas mesmo assim salienta que é preciso ter paciência até que todos os dados coletados sejam compilados. Como se trata de uma teoria nova, é preciso esgotar todas as possibilidades até se chegar a uma conclusão concreta que venha satisfazer e facilitar o entendimento para todas as pessoas, desde leigos até a comunidade científica.


Related Blogs

    Sede do Projeto Portal em Corguinho – MS

    É um local de ensinamentos transmitidos por seres extraterrestres. Considerado como um centro energético do planeta e, por sua ressonância vibratória, permite que seres de vários níveis energéticos trabalhem junto ao ser humano. Na c1x1.trans | Sede do Projeto Portal em Corguinho   MSondição de portal, facilitará as viagens para outras dimensões. Esse portal tem a mesma capacidade do portal do Triângulo da Bermudas, podendo receber naves até da 9ª dimensão.

    O Projeto Portal trabalha a ampliação da consciência das pessoas e desenvolve pesquisas, não só ufológicas, mas também no campo científico e ciências paralelas.
    CAVERNAS – Cavernas são galerias construídas com a ajuda dos seres intraterrenos.  São os principais locais de acesso aos arquivos cósmicos. Ali também são feitos trabalhos para evolução das pessoas, para alteração da vibração mental, liberação de bloqueios e fobias, regressão de memória e para alteraçã1x1.trans | Sede do Projeto Portal em Corguinho   MSo e expansão da aura.
    CRATERAS – São três cavidades localizadas no alto do morro na Fazenda Projeto Portal, de onde verte água, formando pequenos lagos. A água da cratera número um é utilizada na recomposição plasmada das amídalas e apêndice, que podem ser identificadas através de ultra-sonografia, mas não pelo raio X. Quem não tem amídalas ou apêndice não possui 100% de vibração para os contatos e devem fazer a reconstituição plasmada dos mesmos através da ativação da pineal, e da pituitária. A cratera de número dois é para auto-ajuda em geral, não importando o processo ou o estágio do problema. A cratera número três, chamada de cratera dimensional, é utilizada para trabalhos de paranormalidade, ampliação da aura e ativação da terceira visão.
    MARCAS – São marcas das sapatas das naves espaciais sulcadas nas rochas, quando pousaram na  Fazenda Projeto Portal, em 1x1.trans | Sede do Projeto Portal em Corguinho   MSMato Grosso do Sul. Há marcas de 20 cm a 1,5 m de diâmetro, antigas e recentes, com 30 anos, 5 anos, 1 ano e até com 3 meses. Essas marcas contém uma vibração especial e quando as pessoas tocam as mesmas o padrão vibracional é trabalhado

    PORTAL – Portais são dobras no espaço, aberturas cósmicas ou focos de energia cósmica, onde existem condições eletromagnéticas para ocorrer uma fusão de espaços e, conseqüentemente, possibilitar a passagem de uma dimensão para outra. São aberturas inter-dimensionais, janelas do tempo, também chamados de xendras, por onde passam discos voadores, extraterrestres e pessoas, sendo possível viajar sem depender de velocidade ou propulsão. Isso permite que se alcance, por exemplo, outro planeta. Um portal é feito a partir da canalização de energia vibracional de, no mínimo, seis pessoas.