Turquia 2014

1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
 
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia
1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia

Urandir Galeria

Urandir-Vista-das-cascatas-em-Pamukkale-Turquia Urandir-Estrada-romana-no-centro-da-cidade-de-tarso-com-pavimento-quase-intacto1-300x225 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-2013-150x83 Urandir-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-400x265 Urandir-entralhes-em-alto-e-baixo-relevo-encontrado-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-14-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-11-400x300 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Avioes-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-300x225 Urandir-Instrumentos-usados-pelos-monges-Derviches-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-150x150 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-no-voo-para-Istambul-em-2013-150x150 Urandir-Vista-Noturna-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-400x266 Urandir-Lojas-no-Bazar-Egipcio-em-Istambul Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Grupo-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-no-voo-para-Istambul-150x112 Urandir-Instrumentos-usados-pelos-monges-Derviches-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia Urandir-Pilares-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-150x150 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Avioes-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013 Urandir-Frutas-Secas-e-Especiarias-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-300x200 Urandir-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-150x112 Urandir-Vista-de-cima-das-colinas-do-Rio-Eufrates Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-14-400x300 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-equipe-arrecadou-centenas-de-presentes Urandir-Vista-de-um-granbe-mosaico-da-antiga-Antioquia-no-museu-de-Antakya-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-19-150x150 Urandir-Interior-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia Urandir-entralhes-em-baixo-relevo-encontrados-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-300x225 Urandir-Acesso-ao-Bazar-Egipcio-em-Istambul-400x266 Urandir-Monte-Nemrut-Imagens-esculpidas-em-pedras-150x112 Urandir-Mesquita-Santa-Sofia-em-Istambul-Turquia-1024x682 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Floristas-de-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-Turquia-300x225 Urandir-Frutas-Secas-e-Especiarias-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-150x150 Urandir-Grande-Variedade-de-Itens-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Embarque-da-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-voo-para-Istambul Urandir-Vista-Interior-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-400x266 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-2013-150x150 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-para-Istambul-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Local-da-Expedicao-Zigurats-2013 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-300x200 Urandir-Vista-das-cascatas-em-Pamukkale-Turquia-400x300 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x150 Urandir-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-300x225 Urandir-Frutas-Secas-e-Especiarias-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-150x100 Urandir-Castelo-de-Rumkale-visto-nas-margens-do-Rio-Eufrates-150x112 Urandir-Detalhe-de-mosaico-no-museu-de-Antakya Urandir-Monte-Nemrut-vista-do-topo-150x112 urandir-e-projeto-portal-promovem-evento-em-dara-na-turquia-centenas-de-crian%c3%a7as-ganharam-material-escolar_1 Urandir-Vista-Lateral-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-150x112 Urandir-Mesquita-Santa-Sofia-em-Istambul-Turquia-150x100 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-18-150x112 Urandir-Especiarias-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-15 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Aeroporto-Internacional-de-Guarulhos-Equipe-da-Expedicao-Zigurats-Turquia-aguardando-embarque-no-voo-para-Istambul-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Retirada-de-Malas-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-300x225 Urandir-Suporte-de-pilares-encontrado-dentro-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias Urandir-Estrada-romana-no-centro-da-cidade-de-tarso-com-pavimento-quase-intacto-400x300 Urandir-Interior-do-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x100 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-18 Urandir-Acesso-ao-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x100 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-14-150x150 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Trem-tradicional-em-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-150x112 Urandir-Entrada-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-150x150 Urandir-Entrada-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia-400x300 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-150x150 Urandir-Estrada-romana-no-centro-da-cidade-de-tarso-com-pavimento-quase-intacto1 Urandir-Lojas-no-Bazar-Egipcio-em-Istambul-150x100 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-24-150x112 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Istambul-Cidade-da-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-14 Urandir-Vista-de-cima-das-colinas-do-Rio-Eufrates-300x225 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Chegada-ao-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-Turquia-150x112 Urandir-Casas-com-teto-abobadado-na-cidade-de-Harram-na-Turquia Urandir-Vista-Interior-da-Mesquita-Azul-em-Istambul-Turquia-150x150 Urandir-Casas-com-teto-abobadado-na-cidade-de-Harram-na-Turquia-400x300 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Chegada-da-equipe-no-Aeroporto-Internacional-de-Istambul-na-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-150x150 Urandir-Castelo-Rumkale-nas-margens-do-Rio-Eufrates-150x150 Urandir-Vista-Noturma-da-cidade-de-Urfa-na-Turquia Urandir-Pilares-do-templo-de-Afrodite-na-cidade-de-Aphrodisias-400x300 Urandir-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia Urandir-Vista-Lateral-do-Museu-dos-Derviches-em-Konya-na-Turquia Urandir-Especiarias-no-Bazar-Egipcio-Istambul-Turquia-300x200 Urandir-Galeria-Alessandro-Vanessa-Urandir-e-Viviana-no-embarque-rumo-a-Turquia-Expedicao-Zigurats-2013-150x112

O Rei Antíoco e a conexão com os Antigos Reinos

1x1.trans | O Rei Antíoco e a conexão com os Antigos ReinosO rei Antíoco foi pesquisado durante a 7a e 8a expedição Zigurats na Turquia em 2013 e em 2014, respectivamente. O local da pesquisa onde foram coletadas informações durante as duas expedições foi o Monte Nemrut  que se localiza no Sudeste da Anatólia e atinge uma altitude de 2 150 metros acima do nível do mar.

Durante a pesquisa no topo do Monte Nemrut foi traçado um paralelo do reino de Antíoco com outros reinos encontrados em outros lugares no mundo, principalmente na América Latina. Prosseguindo na pesquisa foram buscadas informações em antigos registros históricos. O texto a seguir foi extraído dos apócrifos católicos e fala a respeito de alguns reinos, salientando a geração do rei Antíoco. As palavras grifadas em negrito ressaltam possíveis idéias de: [artefatos] , [alianças] , [unificação de reinos]

1 Ora, aconteceu que, já senhor da Grécia, Alexandre, filho de Filipe da Macedônia, oriundo da terra de Cetim, derrotou também Dario, rei dos persas e dos medos e reinou em seu lugar. 2 Empreendeu inúmeras guerras, apoderou-se de muitas cidades e matou muitos reis. 3 Avançou até os confins da terra e apoderou-se das riquezas de vários povos, e diante dele silenciou a terra. Tornando-se altivo, seu coração ensoberbeceu-se. 4 Reuniu um imenso exército, 5 impôs seu poderio aos países, às nações e reis, e todos se tornaram seus tributários. 6 Enfim, adoeceu e viu que a morte se aproximava. 7 Convocou então os mais considerados dentre os seus cortesãos, companheiros desde sua juventude, e, ainda em vida, repartiu entre eles o império. 8 Alexandre havia reinado doze anos ao morrer. 9 Seus familiares receberam cada qual seu próprio reino. 10 Puseram todos o diadema depois de sua morte, e, após eles, seus filhos durante muitos anos; e males em quantidade multiplicaram-se sobre a terra. 11 Desses reis originou-se uma raiz de pecado: Antíoco Epífanes, filho do rei Antíoco, que havia estado em Roma, como refém, e que reinou no ano cento e trinta e sete do reino dos gregos. 12 Nessa época saíram também de Israel uns filhos perversos que seduziram a muitos outros, dizendo: Vamos e façamos alianças com os povos que nos cercam, porque, desde que nós nos separamos deles, caímos em infortúnios sem conta. 13 Semelhante linguagem pareceu-lhes boa, 14 e houve entre o povo quem se apressasse a ir ter com o rei, o qual concedeu a licença de adotarem os costumes pagãos. 15 Edificaram em Jerusalém um ginásio como os gentios, dissimularam os sinais da circuncisão, afastaram-se da aliança com Deus, para se unirem aos estrangeiros e venderam-se ao pecado. 16 Quando seu reino lhe pareceu bem consolidado, concebeu Antíoco o desejo de possuir o Egito, a fim de reinar sobre dois reinos. 17 Entrou, pois, no Egito com um poderoso exército, com carros, elefantes, cavalos e uma numerosa esquadra. 18 Investiu contra Ptolomeu, rei do Egito, o qual, tomado de pânico, fugiu. Foram muitos os que sucumbiram sob seus golpes. 19 Tornou-se ele senhor das fortalezas do Egito, e apoderou-se das riquezas do país. 20 Após ter derrotado o Egito, pelo ano cento e quarenta e três, regressou Antíoco e atacou Israel, subindo a Jerusalém com um forte exército. 21 Penetrou cheio de orgulho no santuário, tomou o altar de ouro, o candelabro das luzes com todos os seus pertences, 22 a mesa da proposição, os vasos, as alfaias, os turíbulos de ouro, o véu, as coroas, os ornamentos de ouro da fachada, e arrancou as embutiduras. 23 Tomou a prata, o ouro, os vasos preciosos e os tesouros ocultos que encontrou. 24 Arrebatando tudo consigo, regressou à sua terra, após massacrar muitos judeus e pronunciar palavras injuriosas 25 Foi isso um motivo de desolação em extremo para todo o Israel. 26 Príncipes e anciãos gemeram, jovens e moças perderam sua alegria e a beleza das mulheres empanou-se. 27 O recém-casado lamentava-se, e a esposa chorava no leito nupcial. 28 A própria terra tremia por todos os seus habitantes e a casa de Jacó cobriu-se de vergonha. 29 Dois anos após, Antíoco enviou um oficial a cobrar o tributo nas cidades de Judá. Chegou ele a Jerusalém com uma numerosa tropa; 30 dirigiu-se aos habitantes com palavras pacíficas, mas astuciosas, nas quais acreditaram; em seguida lançou-se de improviso sobre a cidade, pilhou-a seriamente e matou muita gente. 31 Saqueou-a, incendiou-a, destruiu as casas e os muros em derredor. 32 Seus soldados conduziram ao cativeiro as mulheres e as crianças e apoderaram-se dos rebanhos. 33 Cercaram a Cidade de Davi com uma grande e sólida muralha, com possantes torres, tornando-se assim ela sua fortaleza. 34 Instalaram ali uma guarnição brutal de gente sem leis, fortificaram-se aí; 35 e ajuntaram armas e provisões. Reunindo todos os espólios do saque de Jerusalém, ali os acumularam. Constituíram desse modo uma grande ameaça. 36 Serviram de cilada para o templo, e um inimigo constantemente incitado contra o povo de Israel, 37 derramando sangue inocente ao redor do templo e profanando o santuário. 38 Por causa deles, os habitantes de Jerusalém fugiram, e só ficaram lá os estrangeiros. Jerusalém tornou-se estranha a seus próprios filhos e estes a abandonaram. 39 Seu templo ficou desolado como um deserto, seus dias de festa se transformaram em dias de luto, seus sábados, em dias de vergonha, e sua glória em desonra. 40 Quanto fora ela honrada, agora foi desprezada, e sua exaltação converteu-se em tormento. 41 Então o rei Antíoco publicou para todo o reino um edito, prescrevendo que todos os povos formassem um único povo e 42 que abandonassem suas leis particulares. Todos os gentios se conformaram com essa ordem do rei, e 43 muitos de Israel adotaram a sua religião, sacrificando aos ídolos e violando o sábado. 44 Por intermédio de mensageiros, o rei enviou, a Jerusalém e às cidades de Judá, cartas prescrevendo que aceitassem os costumes dos outros povos da terra, 45 suspendessem os holocaustos, os sacrifícios e as libações no templo, violassem os sábados e as festas, 46 profanassem o santuário e os santos, 47 erigissem altares, templos e ídolos, sacrificassem porcos e animais imundos, 48 deixassem seus filhos incircuncidados e maculassem suas almas com toda sorte de impurezas e abominações, de maneira 49 a obrigarem-nos a esquecer a lei e a transgredir as prescrições. 50 Todo aquele que não obedecesse à ordem do rei seria morto. 51 Foi nesse teor que o rei escreveu a todo o seu reino; nomeou comissários para vigiarem o cumprimento de sua vontade pelo povo e coagirem as cidades de Judá, uma por uma, a sacrificar. 52 Houve muitos dentre o povo que colaboraram com eles e abandonaram a lei. Fizeram muito mal no país, e 53 constrangeram os israelitas a se refugiarem em asilos e refúgios ocultos. 54 No dia quinze do mês de Casleu, do ano cento e quarenta e cinco, edificaram a abominação da desolação por sobre o altar e construíram altares em todas as cidades circunvizinhas de Judá. 55 Ofereciam sacrifícios diante das portas das casas e nas praças públicas, 56 rasgavam e queimavam todos os livros da lei que achavam; 57 em toda parte, todo aquele em poder do qual se achava um livro do testamento, ou todo aquele que mostrasse gosto pela lei, morreria por ordem do rei. 58 Com esse poder que tinham, tratavam assim, cada mês, os judeus que eles encontravam nas cidades 59 e, no dia vinte e cinco do mês, sacrificavam no altar, que sobressaía ao altar do templo. 60 As mulheres, que levavam seus filhos a circuncidar, eram mortas conforme a ordem do rei, 61 com os filhos suspensos aos seus pescoços. Massacravam-se também seus próximos e os que tinham feito a circuncisão. 62 Numerosos foram os israelitas que tomaram a firme resolução de não comer nada que fosse impuro, e preferiram a morte antes que se manchar com alimentos; 63 não quiseram violar a santa lei e foram trucidados. 64 Caiu assim sobre Israel uma imensa cólera.

Novas pesquisas levam a concluir que Jesus foi casado e teria mulheres discípulas

Jesus teria tido discípulas mulheres ? Teria sido Jesus casado ? os indícios parecem levar a essa conclusão … entenda mais o porquê :

Novos testes científicos comprovam que não há nenhuma evidência de falsificação moderna em um texto escrito num papiro egípcio antigo, que se refere a Jesus como sendo casado, de acordo com um artigo muito aguardado e que foi publicado nesta quinta-feira (10-4-2014) na revista da Escola de Teologia de Harward “Harvard Theological Review”. 1x1.trans | Novas pesquisas levam a concluir que Jesus foi casado e teria mulheres discípulas

Cientistas que examinaram o controverso fragmento de papiro escrito em copta egípcio em que Jesus fala de sua esposa  concluíram  que o papiro e a tinta são provavelmente antigos e não uma falsificação moderna conforme  alegavam alguns críticos.

Os resultados apoiam o argumento da professora de Harvard Karen L. King que o texto controverso, seria o primeiro que faz referência explícita a um Jesus casado, é quase certamente um documento autêntico .

Entre outros testes, uma equipe do departamento de Biologia Evolutiva Humana da Universidade de Harvard realizou um teste de carbono 14 no fragmento e dataram  entre 659 e 869 dC, aproximadamente contemporâneo com um fragmento de papiro indiscutível do Evangelho de João .

Uma conservacionista e um engenheiro elétrico da Universidade de Columbia analisaram a composição química da tinta usando um teste de espectroscopia micro-Raman e descobriram que não tinha as características de tinta moderna, mas sim ela era semelhante a mesma tinta usada no Evangelho de João, que eram tintas a base de carbono comumente usadas pelos egípcios. O fato dessa análise excluir  a suspeita de falsificação do papiro com tintas modernas fez calar muitos críticos que acusaram inicialmente o papiro como falso, somente analisando visualmente imagens de baixa resolução.1x1.trans | Novas pesquisas levam a concluir que Jesus foi casado e teria mulheres discípulas

Os resultados finais dos testes foram publicados on-line pela “Harvard Theological Review” nesta quinta-feira.

O Theological Review deveria ter publicado os resultados de Karen King em janeiro de 2013. King disse que demorou mais tempo do que o esperado para concluir o teste, principalmente porque não tinha orçamento.

Interessante é que a Escola de Teologia de Harward concedeu ao Globe, ao The New York Times, e a Revista de Harvard acesso antecipado para os artigos da Harvard Theological Review. Os três órgãos de imprensa foram autorizados a entrar em contato com pesquisadores envolvidos com os artigos, com a condição de que seriam titulares na publicação até quinta-feira de manhã, quando o Theological Review fosse publicado on-line, e que não poderiam entrar em contato com nenhuma outra fonte externa para comentar o assunto com antecedência. Isso demonstra que há um grande interesse por trás da verdade que o pequeno fragmento de papiro esconde … ou escondia.

O Theological Review publicou também uma refutação por Leo Depuydt, um egiptólogo da Universidade de Brown, 1x1.trans | Novas pesquisas levam a concluir que Jesus foi casado e teria mulheres discípulasque disse ter revisado os resultados do teste, mas manteve-se convencido de que o fragmento era uma falsificação moderna pintadas em um antigo pedaço de papiro em branco.

Depuydt sustenta o caso que há apenas uma possibilidade infinitesimal de que as semelhanças entre o Evangelho de Tomé e o Evangelho da esposa de Jesus serem coincidência.

Mas Karen King responde que os paralelos não são tão próximos como Depuydt e outros afirmam, e que alguma sobreposição não é surpreendente, porque abordam temas semelhantes e porque muitos textos cristãos antigos fazem referencia e respondem a um outro.

Depuydt diz que os erros gramaticais que ele vê no texto não poderiam ter sido feito por um orador copta. Uma linha, segundo ele, parece traduzir : “Um homem mau é que ele não traz. ” “Você não pode fazer sentido como um texto copta fluente “, disse ele . “Então, você descobre que está tudo vindo do Evangelho de Thomas. Bem, caso encerrado. ” . E Depuydt , frente as provas científicas da autenticidade do papiro questiona então seu conteúdo.

Mas Karen argumenta que as questões gramaticais que Depuydt levanta são ou erros de sua própria análise ou de construções gramaticais similares, incluindo o mesmo erro que o erro de digitação evidente no Evangelho de Tomé, e que também existem em outros textos coptas , cuja autenticidade é indiscutível.

Em suma, Karen contesta que não faz sentido que um falsificador com pobres habilidades coptas e escribas também tenha conseguido adquirir o tipo certo de papiro e de tinta, e não deixar tinta fora do lugar em nível microscópico.  “Na minha opinião , essa combinação de trapalhão e sofisticação parece extremamente improvável”, escreveu ela em seu artigo .

“Eu estou basicamente esperando que possamos ultrapassar a questão das perguntas sobre falsificação e ira ao significado deste fragmento para a história do cristianismo, para a reflexão de questões como : ‘Por que Jesus ser casado ou não, importa mesmo ? Por que é que as pessoas tiveram uma reação tão incrível para isso? ‘ “, Disse King em uma entrevista.

Embora o fragmento de tamanho de um cartão de visita contenha apenas alguns pedaços de frases aparentemente tiradas de um texto maior, elas parecem expressar idéias ainda não vistas nos Evangelhos canônicos do Novo Testamento.

“Jesus disse -lhes: ‘ Minha esposa … ‘”, 1x1.trans | Novas pesquisas levam a concluir que Jesus foi casado e teria mulheres discípulasdiz um trecho interrompido por uma borda rasgada, enquanto outras linhas que citam Jesus sugerem que pelo menos uma mulher poderia ter sido sua discípula, papel preenchidos exclusivamente por homens nos evangelhos canônicos.

A primeira linha , de acordo com a tradução de King, diz em parte : “Minha mãe me deu a vida. ”

A existência do fragmento, conhecido como o “Evangelho da Esposa de Jesus ” foi divulgada inicialmente em uma conferência acadêmica em 2012. Ele é visto por alguns como um vislumbre de como antigos cristãos pensavam enquanto condenado por outros, incluindo o Vaticano, como uma farsa absurda.

Porém “Todas evidências apontam para o papiro ser mesmo antigo e  ter sido escrito na Antiguidade” afirmou Karen King , a pesquisadora de história da academia de Teologia de Harvard, a uma coletiva de imprensa já em 2012 quando apresentou pela primeira vez o fragmento.

E agora ? Será que a história está mudando ? Vamos continuar a buscar conhecimento !

 

Publicação de arquivo de urandir em 2014-04-11 07:00:03.
bibliografias:
Urandir - Urandir site Urandir
Urandir Ufologia Urandir
Urandir web archive - Urandir web link Urandir | Projeto Portal | Urandir Oliveira | Urandir Fernandes de Oliveira

Indícios de que Jesus não foi crucificado preocupa o Vaticano

Descoberta na Turquia é motivo de preocupação para o Vaticano.

Uma Bíblia com mais de 1.500 anos de idade, foi descoberta na Turquia e está sendo motivo de preocupação para o Vaticano. Isso porque nessa Bíblia1x1.trans | Indícios de que Jesus não foi crucificado preocupa o Vaticano está registrado o Evangelho de Barnabé, que foi um dos discípulos de Cristo, que viajou com o apóstolo Paulo, que mantém uma visão de Jesus Cristo semelhante ao Islamismo.

O livro foi descoberto no ano 2000 e tem sido mantido em segredo no Museu Etnográfico de Ancara na Turquia. A bíblia feita em couro tratado e escrita em um dialeto do aramaico, que era a língua de Jesus Cristo, tem suas páginas escurecidas devido a ação do tempo. Segundo diversas notícias de redes como EuroNews e NTV diversos especialistas já avaliaram o livro e asseguram que ele é autêntico.

As autoridades religiosas de Teerã insistem que a antiga Bíblia mostra que Jesus não foi crucificado, não era o Filho de Deus mas sim um profeta, e chamou Paulo de o “impostor”. A Bíblia também diz que Jesus subiu ao céu vivo sem ser crucificado e que Judas Iscariotes supostamente teria sido crucificado em seu lugar. A Bíblia ainda prevê a chegada do último 1x1.trans | Indícios de que Jesus não foi crucificado preocupa o Vaticanomessias islâmico, fato que ainda não teria ocorrido.

O Vaticano expressou grande preocupação com a descoberta do livro e pediu às autoridades turcas para que os especialistas da Igreja Católica possam avaliar o conteúdo do livro.

A Bíblia atual é composta pelos livros que foram escolhidos no Primeiro Concílio de Niceia no ano de 325 DC, que foi um concílio de bispos cristãos reunidos na cidade de Niceia da Bitínia (atual Iznik na Turquia), convocados pelo imperador romano Constantino I. Nesse concílio foi feita a seleção dos evangelhos que fariam parte da Bíblia. Acredita-se que a Igreja Católica, no Concílio de Nicéia, durante a seleção dos Evangelhos que fariam parte da Bíblia teria excluído alguns, possivelmente incluindo o Evangelho de Barnabé, assim como muitos outros Evangelhos conhecidos como Evangelhos do Mar Morto.

Nos últimos anos a história de Jesus tem sofrido constantes reviravoltas. A questão que está sendo levantada nos últimos dias é: teria Jesus sido crucificado ? Se não foi ele, quem foi que teria sido crucificado em seu lugar ? Judas ou alguma outra pessoa ? Continuamos a pesquisar respostas.

Confira abaixo imagens com mais detalhes da Bíblia Turca

Egiptólogos descobriram enigmática estrutura com possível imagem primitiva de Jesus

Egiptólogos catalães descobriram uma enigmática estrutura com uma possível imagem primitiva de Jesus

1x1.trans | Egiptólogos descobriram enigmática estrutura com possível imagem primitiva de JesusCuidadosamente, alguém fechou a tampa do tinteiro. Ao seu lado, havia sido deixado dois cálamos de madeira amarrados com um embrulho de tecido. Cálamo é um instrumento para a escrita, feito de um pedaço de cana ou junco, talhado obliquamente ou afinado na extremidade, utilizado antigamente para escrever em tábuas de argila, papiros e pergaminhos.

O Egiptólogo e diretor da missão Josep Padró esteve no Egito trabalhando no sítio arqueológico de Oxyrhynchus onde a descoberta foi encontrada e estuda também as pinturas coptas da estrutura subterrânea feitas pelos primeiros cristãos.

O túmulo desse escriba é excepcional, pois revela seus pertences enterrados com o trabalho. A prova dessa importante descoberta é que o ministro de Antiguidades do Egito, Mohamed Ibrahim, foi responsável pessoalmente por avançar alguns resultados desta última campanha de escavações na antiga cidade egípcia Oxyrhynchus, realizadas pela Sociedade Catalã de Egiptologia e pela Universidade de Barcelona.

O interessante nesse sítio arqueológico e que difere de qualquer outro já encontrado é o fato deste conter 1x1.trans | Egiptólogos descobriram enigmática estrutura com possível imagem primitiva de Jesusas ferramentas de trabalho do escriba. Dos milhares de papiros descobertos no final do século XIX até agora não foram encontrados qualquer tipo com suas ferramentas.

O túmulo do escriba, intacto e bem conservado, contém o seu pequeno tesouro. “Os ricos eram enterrados com suas jóias, e os pobres com suas ferramentas de trabalho.” E assim, a missão de arqueólogos resgata do esquecimento um tinteiro de metal e com uma grande surpresa: estava cheio de tinta. “É preto, e poderíamos analisá-lo para saber sua composição”, diz Padró antes de ressaltar que os dois cálamos estavam meticulosamente enrolados juntos.

A falta de inscrições no túmulo do escriba leva apenas a analisar as evidências arqueológicas e seu próprio cadáver. Segundo análise de um egiptólogo ele tinha apenas 16 anos. Seria um aprendiz? O que pode-se afirmar é que ele pertenceu ao período Romano Copta, coforme o método do sepultamento.

O Sítio arqueológico de Oxyrhynchus já revelou importantes descobertas como o Osireion (templo subterrâneo dedicado ao deus Osíris, os poucos que permanecem). Agora revela uma grande estrutura de pedra subterrânea com importância inquestionável.

Localizada no meio de um belo pórtico com colunas em uma via que atravessa a cidade e liga o Nilo ao deslumbrante Osireion. A escavação da e1x1.trans | Egiptólogos descobriram enigmática estrutura com possível imagem primitiva de Jesusstrutura tem sido um trabalho faraônico pois está coberta de detritos muito pesados “propositalmente colocados”. Um arquteto e um engenheiro comandam a retirada dos detritos que já somam 45 toneladas em pedra.

Assim que a estrutura foi desenterrada, veio a surpresa. “As paredes são cobertas com cinco ou seis camadas de tinta, a último correspondente ao tempo dos primeiros cristãos coptas.” “Existem decorações vegetais, e as inscrições foram copiadas, mas ainda não traduzidas, e a figura de um jovem, com cachos, vestindo uma túnica curta e com a mão ao ar livre, como se para abençoar.” Para o egiptólogo, “poderia ser uma imagem muito primitiva de Jesus Cristo”, semelhantes às encontradas em catacumbas romanas, embora não exclua que poderia corresponder a um santo. Atualmente, a representação permanece protegida e espera-se que as inscrições traduzidas possam passar mais detalhes.

Padró descreve a estrutura descoberta: é quadrada, com quatro pilares e um tamanho de 8 metros de largura por 3,75 de profundidade; cada pedra, muito bem encaixada e com nichos onde provavelmente existiam estátuas. Poderia ser uma outra Osireion ou Serapeum (templo do deus Serapis, a forma helenizada de Osíris, documentado pelo papiros, e que ainda não foi encontrada)?. “Nós não sabemos, mas esta descoberta nos lembra muito”, Pedró reflete.

A missão irá iniciar um projeto para preservar as melhores pinturas coptas para serem visitáveis no futuro.
Será que estamos de frente com a melhor e mais conservada imagem de Jesus Cristo ??

Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia

   1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquia  O Projeto Portal, liderado por Urandir Fernandes de Oliveira realizou um grande evento que mobilizou a pequena cidade de Dara na Turquia.

     Durante o evento realizado no dia 05/05/2014 foi fe1x1.trans | Projeto Portal realiza evento em Dara na Turquiaita a entrega de centenas de presentes, em sua maioria material escolar (cadernos, canetas, lápis, borrachas, mochilas, lápis de cor, entre outros) que foram dados como presentes a centenas de crianças da região. Boa parte desse material foi arrecadado como doação pela Associação Projeto Portal e seus associados.
O Evento se transformou em uma grande festa, emocionando todos que participaram, tanto os 63 associados que formavam a equipe do Projeto Portal que realizou a distribuição, tanto quanto as próprias crianças que não imaginavam o presente que ganhariam.
Urandir fez questão de deixar um agradecimento “a todos que se mobilizaram e se esforçaram para que esse evento fosse possível e que se realizasse com todo o sucesso”.

     Com certeza esse foi um dia muito especial e inesquecível na vida dessas crianças e de todos que participaram direta ou indiretamente desse projeto.

confira abaixo as fotos do evento

Desmaterialização do ET Bilu. Impossível negar

 1x1.trans | Desmaterialização do ET Bilu. Impossível negar Diversas análises foram feitas para verificar a desmaterialização do ET Bilu na frente da câmera da Band TV, Programa CQC, filmada na fazenda Portal, em Corguinho/MS e levada ao ar no dia oito de novembro de 2010. Apesar de muita polêmica, ninguém até agora conseguiu demonstrar nada que pudesse descartar essa realidade e muito menos a pesquisa e atividades em ciências paralelas realizadas no Projeto Portal. Apenas alguns, como diversos jornalistas e emissoras de televisão, conseguiram apenas mostrar possiveis situações controversas, mas não obtiveram êxito em negar o fenômeno que ocorre na Fazenda do Projeto Portal.

A cada dia diferentes pessoas e técnicas comprovam a veracidade do ET Bilu e da parceria com as 49 raças de inteligências de outros mundos mantida pelo Projeto Portal. Mesmo passando por filtros, em laboratórios especializados em filmagens, não é possível refutar a veracidade mostrada pelo ET Bilu e pelo Projeto Portal.


Related Blogs

    Publicação de arquivo de urandir em 2012-03-02 17:35:12.
    bibliografias:
    Urandir - Urandir site Urandir
    Urandir Ufologia Urandir
    Urandir web archive - Urandir web link Urandir | Projeto Portal | Urandir Oliveira | Urandir Fernandes de Oliveira

    Quem é Urandir Fernandes de Oliveira – UFO

    1x1.trans | Quem é Urandir Fernandes de Oliveira   UFOParanormal e Ufólogo, foi contatado pela primeira vez aos treze anos de idade, quando, conscientemente, foi sugado de seu quarto e levado para uma nave através de um feixe de luz violeta.
    A partir desse acontecimento, constantemente foi visitado por luzes que se comunicavam mentalmente e sua paranormalidade foi evoluindo gradativamente.
    Os seres extraterrestres continuaram suas visitas, sempre lembrando de seu compromisso, que finalmente foi aceito aos vinte e nove anos.

    “Vou relatar o que aconteceu comigo, porque pode ser sua história – ou parte dela – com que alguns de vocês podem se identificar, ou para que entendam como cheguei até aqui, o porquê de tudo. No começo eram vozes. Eu as ouvia, sem saber de onde vinham. Isso começou aos nove anos de idade. Sentia também a presença de alguém junto a mim, escutava me chamarem, mas não identificava quem. Às vezes via alguns vultos.

    Com o passar do tempo, fui percebendo que, dependendo do meu estado emocional, ao chegar próximo de um eletrodoméstico, acontecia uma certa interferência, por exemplo, na sintonia do rádio ou da televisão.1x1.trans | Quem é Urandir Fernandes de Oliveira   UFO

    Outra coisa era o pensamento. Tudo o que eu pensasse ou desejasse intensivamente, acabava acontecendo. Mas para mim, tudo isso era normal, não me incomodava.

    E havia também os talheres que estavam tortos quando ia comer, mas eu acreditava, naquela época, que minha mãe os entortava ao lavar. Até que um dia, eu estava meio nervoso, e o garfo entortou tão rapidamente que feriu meus lábios. Irritado joguei-o no chão, mas ele continuou a entortar. Peguei-o e ele se quebrou na minha mão. E foi assim que eu percebi que o problema era comigo, pois não acontecia com meus irmãos.

    Nesta mesma noite, apareceu na televisão o paranormal Uri Gueler, entortando e quebrando objetos com a força do pensamento. Associei os fatos e entendi que, através do pensamento positivo, poderia manipular a matéria e interagir com o pensamento de outras pessoas e que isso não era uma coisa corriqueira.

    Meu primeiro contato com seres extraterrestres foi aos treze anos. Até essa idade nunca tinha visto nada diferente no céu. Eu estava numa praça e vi uma luz imensa que piscava e mudava de cor, emitia um som como um zumbido forte e fazia evoluções circulares. De repente, sumiu.

    1x1.trans | Quem é Urandir Fernandes de Oliveira   UFOFui para casa e, quando estava deitado, vi uma luz violeta no quarto que me sugou e me levou para dentro de uma nave, através do teto (nessa época, eu nem sabia o que era uma nave).

    Dentro da nave, dois homens mexeram no meu pescoço, deixando uma cicatriz. E uma mulher fazia gestos com as mãos iluminadas, como se estivesse se energizando e a mim também. Disse-me que me visitariam outras vezes e me trariam tarefas, as quais eu deveria cumprir. Fui levado de volta ao meu quarto da mesma forma que sai.

    Até hoje tenho essa cicatriz no pescoço, provocada por um implante, constatado por radiografias. Mais tarde os seres me explicaram que isso era para me auxiliar na ativação da energia.

    Depois desse acontecimento, fui constantemente visitado por luzes que se manifestavam mentalmente e minha paranormalidade foi evoluindo cada vez mais.

    Eu tive problemas em relação às pessoas à minha volta durante minha infância e adolescência, porque eu era “diferente”. Era isolado pelos outros, discriminado, tachado de bruxo, louco, feiticeiro, mentiroso.

    A partir dos dezoito anos comecei a fazer espetáculos de paranormalidade para as pessoas, mas os seres em forma de luz me diziam que essa energia não deveria ser usada para exibicionismo e que eu deveria descobrir qual o seu propósito.

    Aos vinte e três anos, outra “casualidade”, outra descoberta. Encontrei numa rua duas pessoas que tinham sido atropeladas e estavam com fraturas. Senti um ímpeto de tocá-las e assim o fiz, as dores foram diminuindo até que cessaram completamente. Neste dia entendi que poderia e deveria usar minha energia em prol dos outros.

    Depois disso recebi orientações dos seres sobre técnicas de como utilizar essa energia para, auto-ajuda, estabilização do campo vibracional das pessoas, assim como emitir luzes das mãos, do corpo, dos chakras e como acessar outras dimensões.

    Aprendi que essa fluorescência em meu corpo poderia ser ativada através de estímulos emocionais e sexuais (kundalini) que aceleram minhas freqüências cerebrais, transmutando minha energia. Inclusive essa luminosidade das minhas mãos já foi testada por cientistas, que não conseguiram provar que fosse causada por algum produto químico. Aliás, nas reuniões de energizações, as pessoas que tem energias compatíveis também conseguem se iluminar, sem que eu precise tocá-las.

    E eu continuei recebendo visitas dos seres que me lembravam continuamente que eu tinha uma missão a cumprir, o que só aceitei aos vinte e nove anos. Eu hesitava porque entendia que era uma responsabilidade muito grande.

    E ficou estabelecido que sempre que fosse necessário provar para uma ou mais pessoas a existência dos seres, que eles se manifestariam de alguma forma, para dar respaldo ao meu trabalho. E isso vem ocorrendo regularmente.”

    Tudo o que aconteceu com Urandir, também acontece com muitas pessoas: fenômenos paranormais, energias intensificadas, percepções extrasensoriais, fenômenos naturais, que se manifestam em nossa vida e não damos importância, não paramos para pensar neles.

    A Paranormalidade é uma capacidade que todos temos: de ativar nossa energia vibracional, através de estímulos vários, numa fusão que altera a nossa freqüência cerebral.

    Publicação de arquivo de urandir em 2009-05-05 15:06:00.
    bibliografias:
    Urandir - Urandir site Urandir
    Urandir Ufologia Urandir
    Urandir web archive - Urandir web link Urandir | Projeto Portal | Urandir Oliveira | Urandir Fernandes de Oliveira

    Mapeamento geotécnico não é eficiente na prevenção de desastres

    Fonte: 1x1.trans | Mapeamento geotécnico não é eficiente na prevenção de desastres

    1x1.trans | Mapeamento geotécnico não é eficiente na prevenção de desastresAs consequências dos desastres naturais do Brasil evidenciam cada vez mais, a fragilidade do país para lidar com o assunto. Hoje, apenas 3,4% dos municípios possuem cartas geotécnicas, um instrumento essencial para prevenir catástrofes naturais.

    Segundo um levantamento do governo federal, 735 municípios em nove Estados brasileiros têm áreas com risco de deslizamento. Do total, apenas 25 dispõem de cartas geotécnicas dos morros e das encostas.
    As cartas revelam aspectos fundamentais do problema e podem servir de base para a aplicação de ações das autoridades responsáveis. Em outras palavras, o mapeamento faz uma análise técnica do tipo de solo e das rochas, e da declividade das encostas de determinado local, além do comportamento do terreno frente a uma possível ocupação urbana, ficando mais fácil detectar os riscos reais da região.
    É claro, que só o mapeamento detalhado de uma região não bastaria. Ele só serviria num trabalho conjunto com ações governamentais. De qualquer maneira é um bom começo no qual ainda estamos longe. “O Brasil não tem um levantamento completo, sistemático, permanente e os estudos de risco geológico são essenciais, são o principal instrumento de segurança”, explica o geólogo Renato Eugênio de Lima, diretor do Centro de Apoio Científico em Desastres da Universidade Federal do Paraná.
    No verão deste ano, a região serrana do Rio de Janeiro foi cenário do pior desastre natural da história do Brasil. Mais de 900 pessoas morreram em deslizamentos de terra concentrados em Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto.
    Até seria possível prever um caso como este, mas seriam necessários estudos, com equipamentos que medissem o aumento do volume de água no solo, as condições topográficas do terreno e as características do solo, defende Noris Costa Diniz, coordenadora de riscos de deslizamentos do Centro de Moni­toramento e Alerta de Desastres Naturais do Ministério da Ciência e Tecnologia.
    Atualmente, 60% das mortes em decorrência de desastres naturais no Brasil ocorrem em deslizamentos, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.
    Verão de 2012
    A grande promessa para o próximo verão é de que 20 cidades brasileiras recebam o Sistema de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. A ideia é que equipamentos envie informações sobre possíveis catástrofes com horas de antecedência, possibilitando a retirada de pessoas das áreas de risco. O Centro Nacional de Prevenção será implantado em Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba em São Paulo e o trabalho será feito em conjunto com outros órgãos, como a Defesa Civil Nacional. (Fonte: Apolo11.com – Todos os direitos reservados )

    Publicação de arquivo de urandir em 2011-12-10 04:02:12.
    bibliografias:
    Urandir - Urandir site Urandir
    Urandir Ufologia Urandir
    Urandir web archive - Urandir web link Urandir | Projeto Portal | Urandir Oliveira | Urandir Fernandes de Oliveira

    Urandir e o Diário de Bordo 6º dia da 2ª Expedição Projeto Portal França

    No 6º dia da Expedição Zigurats Projeto Portal, a equipe de pesquisadores liderados por Alan Oliveira e Alex Oliveira, filhos de Urandir Fernandes de Oliveira fizeram uma pesquisa no Forte de Salses, localizado a 20Km de Perpignan, na cidade de Salses-le-Chateau. O forte de Salses é uma  fortaleza catalã (espanhola) que data do século 15, sendo construído no local de um castelo anteriormente destruído. O Forte original foi reconstruído pelo renomado engenheiro militar Vauban, sendo uma construção de transição entre forteleza medieval e estrutura defensiva, com várias melhorias quanto ao estilo original.

    1x1.trans | Urandir e o Diário de Bordo 6º dia da 2ª Expedição Projeto Portal França

    As paredes possuem mais de 10 metros de altura, construídas com pedras e tijolos vermelhos, em uma forma retangular com uma grande torre em cada canto.Sua construção demorou 6 anos e meio e mesmo antes de sua conclusão já sofreu um cerco militar no ano de 1504. Durante a Guerra dos trinta anos foi sitiado e acabou sendo tomado pelos franceses em 1642. Quando  o Tratado dos Pirinéus foi assinado em 1659, já não havia mais a necessidade dessa fortaleza. O grande foco dessa pesquisa foi traçar um paralelo entre  Forte de Salses e o Forte Príncipe da Beira na Amazônia, já pesquisado pelo grupo em expedições anteriores.

    1x1.trans | Urandir e o Diário de Bordo 6º dia da 2ª Expedição Projeto Portal França

    Para descontrair, o grupo, agora não mais liderado por Urandir foram desfrutar de um belo almoço, já no meio da tarde às margens do Mar Mediterrâneo, seguindo após para as ruínas do Castelo DÁguilar.

     

    1x1.trans | Urandir e o Diário de Bordo 6º dia da 2ª Expedição Projeto Portal França

    O castelo de Aguilar (Aguilar em occitano) é um castelo Catar em Tuchan. Sua construção iniciou no século XII, tendo prosseguimento nos séculos XIII e XIV, sendo que ele foi construído em cima de ruínas de um castelo muito mais antigo. O Castelo Agular ficou bastante conhecido em 1999 quando serviu de cenário para o seriado de TV Tramontana.

    1x1.trans | Urandir e o Diário de Bordo 6º dia da 2ª Expedição Projeto Portal França

    O Castelo foi ocupado pelos espanhóis em 1543, sendo ocupado pelas tropas reais até a assinatura do Tratado dos Pirinéus. Hoje restam apenas ruínas dessa grande fortaleza.

    No Castelo Aguilar o grupo realizou algumas atividades de campo, que adentraram a noite. Após tantas atividades em um dia, a equipe seguiu para a cidade de Carcassone onde permanecerá nos próximos dias.


    Related Blogs

      Publicação de arquivo de urandir em 2012-05-06 03:26:57.
      bibliografias:
      Urandir - Urandir site Urandir
      Urandir Ufologia Urandir
      Urandir web archive - Urandir web link Urandir | Projeto Portal | Urandir Oliveira | Urandir Fernandes de Oliveira